Parcele a faculdade - Pep, Parcelamento estudantil Privado

Parcele a faculdade – Pep, Parcelamento estudantil Privado

Estudar é extremamente importante não é mesmo? Sem contar que é o sonho de muitos jovens, a conclusão do ensino superior. Porém, sabemos que muitos cursos superiores são caros e não é todo jovem que pode arcar com as despesas do curso, até porque muitas vezes o aluno tem que arcar com moradia, alimentação, transporte e etc. Por isso algumas universidades particulares se juntaram e criaram o PEP, confira tudo sobre o programa e veja como participar.

PEP – O que é isso?

O PEP (Parcelamento Estudantil Privado) é a sua chance de conseguir realizar o sonho do curso superior. Com o PEP é possível pagar até 70% do valor do curso escolhido apenas depois de se formar e você vai ter o mesmo tempo de duração do curso para pagar.

PEP – Parcelamento Estudantil da Faculdade. Como funciona?

PEP – Parcelamento Estudantil da Faculdade. Como funciona? Imagem:Divulgação

O processo é bastante simples e é feito com um único parcelamento pré-aprovado para os estudantes que vão ingressar no Ensino Superior. O PEP oferece aos estudantes diversas vantagens e benefícios para quem está começando agora, você não pode perder essas ótimas oportunidade.

Acesse e saiba mais informações: Pronatec Inscrições

PEP – Quais são as faculdades participantes

No total 7 universidades se juntaram para criar o PEP e dar aos alunos a oportunidade que faltava para quem deseja estudar nas melhores universidades particulares do país. São elas:

  • Unopar
  • Anhanguera
  • Fama
  • Pitágoras
  • Unic
  • Uniderp
  • Unime

São várias opções de cursos existentes nas universidades, são cursos nas áreas de exatas, humanas, saúde e também de tecnologia. No site de cada uma delas é possível conferir todas a opções de cursos que existem para aquela universidade.

universidades PEP

PEP – Como funciona?

O funcionamento do PEP é extremamente simples, o PEP é um parcelamento, com ele você pode parcelar até 70% do valor do seu curso e só vai começar a pagar depois de se formar. O período que você tem para pagar todo o valor que parcelou corresponde ao período do seu curso, por exemplo, se o seu curso tem 4 anos então você vai ter 4 anos para pagar o parcelamento. Bem simples não é mesmo?

Vale lembrar que o PEP é um parcelamento e não um financiamento, dessa maneira você não vai precisar ter conta em banco, isso porque o parcelamento é feito diretamente com a universidade, evitando toda aquela burocracia com bancos e etc.

PEP – Parcelamento Estudantil da Faculdade. Como funciona?

PEP – Parcelamento Estudantil da Faculdade. Como funciona?. Imagem:divulgação

Além disso, o PEP também não exige que o aluno tenha feito o ENEM, basta fazer o vestibular da universidade e claro, ser aprovado no curso desejado. Mas algumas universidades, como por exemplo, a Pitágoras, você pode levar a sua nota do ENEM e eliminar o vestibular, o que também já é uma boa ajuda.

Acesse e saiba mais informações: SISU 2016

PEP – Como se inscrever?

Para se inscrever no Parcelamento Estudantil Privado é bastante simples, primeiramente você precisa ser aprovado no vestibular, para fazer a inscrição do vestibular é só acessar o site da universidade e fazer a sua inscrição. No site do PEP, você pode conferir todos os sites das universidades.

Para fazer a inscrição é só fornecer alguns dados como Nome Completo, RG, CPF, Data de Nascimento, Grau de Escolaridade, Telefone e também as informações a respeito do curso que você vai escolher para estudar.

maxresdefault

PEP – Parcelamento Estudantil Privado. Imagem:divulgação

Caso você seja aprovado no vestibular será necessário ir até a universidade para fazer a sua matrícula, no momento da matrícula você só precisa informar que deseja aderir ao PEP e pronto. Importante lembrar que o PEP vai valer durante todo o seu curso, ou seja, não será necessário fazer a renovação do contrato a cada 6 meses, isso é muito importante já que evita ter que entrar em contato sempre com a universidade para manter tudo em ordem.

Acesse e saiba mais informações: Sisutec 2016

PEP – Qual a diferença do PEP e do FIES?

Muito estudantes acabam tendo a ideia de que o PEP é praticamente a mesma coisa do FIES (Financiamento Estudantil), mas não é. Existem várias diferenças entre os dois programas, a começar pelo fato de que o PEP não é um financiamento e sim um parcelamento, isso significa que você não vai ter que pagar nenhuma espécie de juro como acontece no FIES onde o estudante tem que pagar um determinado valor a cada três meses que corresponde ao pagamento da taxa de juros.

Pep - Parcelamento Estudantil Privado. Inscrições

Pep – Parcelamento Estudantil Privado. Imagem:divulgação

Outro ponto importante é o pagamento, no caso do PEP você vai começar a pagar assim que acabar a faculdade, já no FIES você ainda tem mais 18 meses para começar a pagar o financiamento em até 12 anos dependendo do tempo de duração do curso que fez.

Além disso, para participar do PEP você não vai precisar fazer o ENEM e nem ter conta em banco, isso porque ele é feito diretamente com a universidade e é apenas um parcelamento do valor que pode ser de até 70%. Essas são as principais diferenças entre o PEP e o FIES, então não deixa essa ótima oportunidade passar, garanta o seu curso superior com o PEP.

Recomendados para você: